Taça de Portugal

Santa Clara, Operário e Lusitânia apurados

Santa Clara, Operário e Lusitânia apurados

 

Arthur Melo   Futebol   18 de Nov de 2007, 16:38

Das cinco equipas açorianas que disputaram a terceira eliminatória da Taça de Portugal, apenas Fayal Sport e União Micaelense não seguem em frente na competição
 Santa Clara, Operário e Lusitânia conseguiram, esta tarde, a qualificação para a quarta eliminatória da Taça de Portugal em futebol.

Os encarnados de Ponta Delgada apenas carimbaram o passaporte no prolongamento do jogo frente ao Oliveira do Bairro, equipa da II Divisão. Glauber, aos 27 minutos, colocou a equipa de paulo Sérgio a vencer mas em cima do fim do tempo regulamentar, 89 minutos, Carlos Miguel marcou para a turma aveirense e obrigou a partida a ter de ir para prolongamento.

Nos trinta minutos suplementares, o Santa Clara decidiu a questão, primeiro com um auto golo de Rui Castro aos 108 minutos e um golo de Vítor Silva aos 115.

Em Satão defrontaram-se duas equipas da II Divisão e os fabris tiveram de operar reviravolta no marcador. Os locais adiantaram-se em cima do intervalo através de uma grande penalidade mas, no segundo tempo, Fábio Pires e Jorginho, aos 49 e 87 minutos respectivamente, consumaram a vitória do Operário que segue para a quarta ronda da prova. Todavia, o jogo deixou mossas na equipa de Francisco Agatão, já que Jorge Rodrigues e Bruno Melo foram expulsos da partida.

Em Angra do Heroísmo, e também num jogo entre equipas da II Divisão, o Lusitânia apenas consumou a passagem no desempate por pontapés de grande penalidade. No final dos 90 minutos regulamentares registava-se uma igualdade a uma bola. Raul Oliveira, aos 59 minutos, marcou para os terceirenses mas Ismael, aos 72 e num penalty, empatou a contenda.

No prolongamento o empate não se desfez e nas grandes penalidades, o guarda-redes David, com duas defesas, contribuiu para a vitória da equipa de João Salcedas.

Pelo caminho ficaram União Micaelense e Fayal Sport.

Na Grotinha, os unionistas foram eliminados pelo Atlético de Valdevez. Numa altura em que já se pensava no prolongamento, Leo Sousa, no segundo minuto dos descontos do tempo regulamentar, marcou de grande penalidade para os continentais.

Na Sertã, o Fayal Sport foi brindado com mão cheia de golos por parte do Sertanense, despedindo-se também da competição.

O sorteio da quarta eliminatória da Taça de Portugal realiza-se na próxima quinta-feira na sede da Federação Portuguesa de Futebol, em Lisboa, integrando já as equipas que militam na Liga profissional.

A quarta eliminatória da prova vai jogar-se a 9 de Dezembro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.