Santa Clara bate Vitória de Guimarães com golo de Zé Manuel

Santa Clara bate Vitória de Guimarães com golo de Zé Manuel

 

Lusa/Ao online   Futebol   31 de Mar de 2019, 10:56

Um golo de Zé Manuel, aos 26 minutos, valeu este sábado ao Santa Clara um difícil triunfo na receção ao Vitória de Guimarães, em encontro da 27.ª jornada da I Liga Portuguesa de futebol.

Com este resultado, o conjunto açoriano isolou-se, à condição, no oitavo lugar, com 35 pontos, enquanto o Vitória de Guimarães desceu para o sexto, com 42.

O conjunto minhoto foi o primeiro a ‘chegar-se à frente’ e a ameaçar a baliza do Santa Clara, primeiro, aos oito minutos, através de um remate de Ola John, detido por Marco, e depois aos 11, com Davidson a fazer a bola passar perto do poste.

O Santa Clara só respondeu aos 23 minutos, num remate em jeito de Guilherme Schettine, que fez a bola passar por cima da barra, e marcou aos 26.

Zé Manuel aproveitou da melhor maneira uma jogada, a melhor do encontro, entre Guilherme Schettine, Patrick e Bruno Lamas, para apontar o sétimo golo na prova.

Cinco minutos depois, o Vitória do Guimarães quase igualou o marcador, através de Alexandre Guedes, que faz a bola passar muito perto do poste esquerdo da baliza de Miguel.

Zé Manuel podia ter ‘bisado’ aos 35 minutos, mas perdeu demasiado tempo e apareceu Pedro Henrique para cortar a jogada.

Antes do intervalo, Marco ainda salvou a equipa do empate, ao socar a bola em cima da linha de golo.

Luís Castro fez entrar dois médios ofensivos (Rochinha e Teixeira) para a segunda parte e os vitorianos conseguiram ter mais posse de bola, perante um Santa Clara que procurava segurar a vantagem.

Aos 68 minutos, Miguel Silva salvou a equipa de Guimarães de sofrer o segundo, no que poderia ter sido um autogolo de Pedro Henriques, e, aos 73, voltou a fazê-lo, agora perante Guilherme Schettine, com Zé Manuel ainda a marcar, mas em fora de jogo.

Na parte final, e aproveitando o espaço, o Santa Clara teve várias ocasiões para aumentar a vantagem, por Zé Manuel, aos 81 minutos, e Thiago Santana, aos 86, pouco depois de ter entrado, perante grande salva de palmas, após sete meses lesionado.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.