Saldo natural nos Açores continua negativo pelo quarto ano seguido

Saldo natural nos Açores continua negativo pelo quarto ano seguido

 

Nuno Martins Neves   Regional   3 de Mai de 2019, 09:18

Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística, a Região Autónoma dos Açores registou 2253 nascimentos no ano passado, mais 34 que em 2017. Mas o número de óbitos continua superior, com mais 49 falecimentos (2295 óbitos no total)

Pelo quarto ano consecutivo, há mais óbitos do que nascimentos na Região. Segundo os dados revelados segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o saldo natural dos Açores permanece negativo: em 2018, nasceram 2253 bebés, tendo falecido 2295 pessoas, o que dá uma diferença negativa de 42 pessoas. 


Ler mais na edição desta sexta-feira, 3 maio 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.