Ryanair conclui compra dos 75% da companhia aérea LaudaMotion

Ryanair conclui compra dos 75% da companhia aérea LaudaMotion

 

Lusa/AO Online   Internacional   29 de Ago de 2018, 14:53

A companhia aérea irlandesa Ryanair completou a compra de 75% da LaudaMotion, a empresa de aviação fundada pelo antigo piloto de Fórmula 1 (F1) Niki Lauda, foi  anunciado.

A informação foi avançada pelo diretor executivo da LaudaMotion, Andreas Gruber, numa conferência de imprensa com o presidente executivo da Ryanair, Michael O'Leary, em Viena.

Gruber adiantou que a LaudaMotion vai duplicar até 18 o número de aviões Airbus A320 na sua frota para o verão do próximo ano, quando espera a entrega de nove aparelhos desse modelo.

Lauda, que se encontra em recuperação após um transplante de pulmão no início de agosto, é a partir de agora proprietário dos restantes 25% da antiga Niki, que o triplo campeão de Fórmula 1 comprou à alemã Air Berlin.

Gruber sublinhou que, apesar de ser detida maioritariamente pela Ryanair, a LaudaMotion, com sede em Viena, vai distinguir-se da companhia de aviação 'low-cost' irlandesa, pelo menos no logótipo e ‘design’.

Com a compra da LaudaMotion, aprovada no mês passado pela Comissão Europeia, a Ryanair espera melhorar a competitividade e aumentar a oferta de voos económicos, nomeadamente na Alemanha, Áustria e Espanha.

O piloto de F1 comprou a Niki, empresa que fundou e vendeu logo à Air Berlin, depois desta deixar de operar.

O processo de insolvência da Niki foi concluído em 28 de fevereiro.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.