Ruben Pereira sagra-se vice-campeão mundial de xadrez


 

Lusa / AO online   Outras modalidades   28 de Nov de 2007, 16:17

O Mestre da FIDE Ruben Pereira tornou-se o primeiro português a conquistar uma medalha de prata individual em Campeonatos do Mundo de xadrez, ao sagrar-se vice-campeão nos Mundiais sub-16, disputados em Antalya, Turquia.
Ruben Pereira precisava de ganhar a última partida da competição para chegar ao título, frente ao romeno Ioan Cristian Chirila, mas o vice-campeão português absoluto ficou-se pelo empate e permitiu que o adversário conquistasse a medalha de ouro.

Ruben Pereira, treinado na Turquia por Rui Dâmaso, campeão nacional e Mestre Internacional, terminou a competição empatado com Chirila, o ucraniano Boris Kharchenko (terceiro) e o russo Aleksey Goganov (quarto), mas apenas ficou em desvantagem com o romeno.

"Fixei como objectivo terminar entre os 10 primeiros, mas não esperava este resultado. Agora espero ter mais apoios. Antes do último jogo estava um pilha de nervos", confessou Ruben Pereira à Agência Lusa, assegurando que "a medalha de prata não sabe a pouco".

Exceptuando o título de campeã da União Europeia de Ana Batista, em 2003, só existiam praticantes lusos medalhados em provas colectivas, nos Mundiais de sub-23 de 1993 e 1995, e na Olímpiada das Filipinas, em 1992.

O presidente da Federação Portuguesa de Xadrez, António Bravo, considerou que o desempenho de Ruben Pereira é a prova de que "o xadrez pode ter em Portugal um futuro promissor, apesar de os apoios à formação serem escassos".

A restante comitiva lusa nos Mundiais da Turquia terminou em posições mais modestas: Gonçalo Silva (sub-8) concluiu a prova em 85º lugar, Pedro Neves (sub-14) em 128º, Catarina Costa (sub-16) em 45º e André Viela (sub-18) em 48º.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.