Revista de Imprensa Nacional


 

Lusa / AO Online   Nacional   2 de Mai de 2010, 07:46

O encontro desta tarde entre o FC Porto e o Benfica, a divisão dos partidos no apoio ao TGV e protestos dos trabalhadores durante o 1.º de Maio são destaques nos diários de hoje, dia dedicado às mães.

"PCP disposto a viabilizar TGV de Sócrates", revela o Diário de Notícias (DN), salientando que "Portas pode ter o voto do PSD para travar o primeiro troço do TGV, mas a esquerda deve assegurar o arranque do projeto".

"PSD admite apoiar CDS contra TGV", titula também o Correio da Manhã (CM), diário que destaca ainda a morte de dois peregrinos que se dirigiam a Fátima, atropelados junto à Sertã, e que os "Hospitais cobram dádivas de sangue como consultas".

No entanto, para manchete, o CM escolheu um "Buraco de 80 milhões na Defesa", realçando que neste setor houve uma "crise orçamental nos primeiros quatro meses do ano" e que as "Finanças não controlam [as] promoções nas forças armadas".

O Público revela que os "gestores das 20 maiores empresas da bolsa ganharam 22,6 milhões" no ano passado.

Segundo o jornal, quem recebeu mais foi António Mexia, coordenador executivo da EDP, que recebeu 3,1 milhões de euros, e quem ganhou menos foi Paulo Fernandes, da Altri, com um salário anual de 205,4 mil euros.

O Público realça ainda reportagens nos campos de refugiados da Tanzânia, nos quais o jornal acompanhou o Alto comissário para os Refugiados, António Guterres.

Num balanço do 1.º de Maio, o DN revela que "130 mil [protestaram] na rua contra o PEC e o desemprego", o CM destaca declarações do dirigente da CGTP, Carvalho da Silva, que considera que o "desemprego tornou-se um negócio", o JN adianta que a "CGTP testa greve geral a 29 de maio", que conta já com adesão da função pública, e o Público que os "sindicatos vão agravar protestos contra o PEC".

No Dia da Mãe, o 24horas revela "o que mudou na vida das novas mães" e o DN conta histórias de "Filhos com mais de uma mãe".

Sobre o encontro de hoje do FC Porto com o Benfica, que pode ditar a vitória dos encarnados no campeonato, a manchete do Jornal de Notícias (JN) titula "Duelo explosivo no dragão", salientando que o "autocarro das águias apedrejado e casas do Benfica vandalizadas", uma situação em que a "polícia disparou para o ar".

O 24horas destaca em manchete "como as famílias dos craques preparam a festa do título", o DN que o "Benfica [foi] apedrejado à entrada do Porto", o CM que houve uma "Emboscada contra [as] águias" e o Público que o "FC Porto venceu 14 dos últimos 20 clássicos em casa".

O Record afirma que o jogo é um "Acerto de Contas", O Jogo titula "Alta tensão", destacando que o "Autocarro encarnado foi alvo de pedradas e garrafas de tinta azul em Gaia", e A Bola questiona se esta será "A última final".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.