Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   22 de Dez de 2008, 05:15

A alegada investigação da PJ a ligações entre ex-gestores dos CTT e do BPN e um relatório que indica terem sido congelados 8,5 milhões de euros de branqueamento de capitais são temas hoje em destaque na imprensa lisboeta.
O Diário de Notícias revela na primeira página “Ligações entre ex-gestores dos CTT e BPN na mira da PJ”.

    De acordo com o matutino, a anterior administração dos CTT, liderada Carlos Horta e Costa, adjudicou um contrato de aquisição de viaturas a uma empresa do Grupo BPN, apesar de pareceres negativos.

    O DN salienta ainda que o contrato “suspeito ficou dois milhões mais caro à empresa”.

    “Há cada vez mais candidatos a padres”, “Cancro: doentes esperam 1 mês por medicamentos” e “Chefes militares travam cortes na Saúde” são outras chamadas de capa do DN.

    O Público destaca “Universidades cortam verbas para professores e instalações”, segundo um inquérito que o matutino lançou há um mês ao sistema público de ensino superior.

    De acordo com o inquérito, as universidades e politécnicos vão adiando projectos e contendo despesas havendo até quem tenha cortado no tempo dos banhos.

    O destaque fotográfico do Público vai para a fábrica de cortiça Amorim, em Ponte de Sôr, destacando que “Um quarto da produção do ano ficou por vender”.

    “Apanhados 8,5 milhões de dinheiro sujo” é a manchete do Correio da Manhã, referindo-se a dados de um relatório do Grupo de Acção Financeira que actualiza a avaliação feita em 2006 pela entidade internacional de prevenção à lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo.

    O relatório indica que mais de 8,5 milhões de euros foram congelados só no primeiro semestre de 2008 em operações de combate ao branqueamento de capitais.

    “Empréstimo da Caixa salva dois mil empregos” na Qimonda e “Aluno de 15 anos espanca auxiliar em escola” de Santa Maria da Feira são outros assuntos abordados no CM.

    O Jornal de Notícias avança na capa “Saúde familiar vai ter mais 90 unidades”, realçando que a abertura de uma boa parte depende de obras e deslocação de profissionais.

    “Salvar a Quimonda custa 325 milhões” é outro título do JN, referindo que a empresa alemã, maior exportadora portuguesa de Vila do Conde, vai receber um empréstimo de 325 milhões de euros para evitar a falência.

    O plano financeiro defende dois mil postos de trabalho, escreve o jornal, acrescentando que a Caixa Geral de Depósitos vai entrar com 100 milhões de euros.

    O 24horas destaca “Vídeo mostra Maddie a falar pela primeira vez”, realçando que os McCann divulgaram imagens inéditas da filha desaparecida a 03 de Maio de 2007 no Algarve.

    O Diário Económico destaca “Não há crédito para as empresas. Ponto final”, uma afirmação da líder do PSD.

    Manuela Ferreira Leite disse ao DE que as linhas de crédito não resolvem os problemas das empresas, apenas piora o seu endividamento.

    O DE puxa ainda para a capa “’Offshores’ empolaram as contas do BCP em 520 milhões” e “Exportações para a Europa entram no vermelho”.

    O Jornal de Negócios chama à primeira página declarações do empresário Américo Amorim sobre o investimento na Galp.

    O empresário diz ao jornal: “Se houver disponibilidade estou interessado na posição da ENI”.

    O económico realça ainda uma entrevista ao ex-Presidente da República António Ramalho Eanes na qual diz: “podemos ter graves problemas sociais em 2009”.

    A revista Focus destaca hoje na primeira página “Isabel a poderosa”, referindo-se à filha do presidente de Angola José Eduardo dos Santos que tem vindo a aumentar influência económica em Portugal.

    A imagem de um frustrado Lizandro Lopez preenche hoje as capas dos matutinos desportivos, na sequência do empate a zero golos consentido pelo FC Porto na recepção ao Marítimo.

    “Águia pode voar para longe”, titula A Bola, referindo que “depois do Sporting, FC Porto e Leixões também tropeçam”, referindo-se aos nulos no Sporting-Académica, FC Porto-Marítimo e Leixões-Estrela da Amadora.

    O matutino destaca ainda uma declaração do técnico benfiquista, Quique Flores: “Para mim é importante que os adeptos se sintam felizes e passem um bom Natal”.

    O mesmo tempo ocupa a manchete de O Jogo, com o título “Benfica pode fugir”, comentando que “Marcos [guarda-redes do Marítimo] e ansiedade fazem Dragão falhar a liderança”.

    Ainda na capa um comentário do treinador dos tricampeões portugueses, Jesualdo Ferreira: “Temos de ser agressivos desde o primeiro minuto”.

    O Record coloca Pablo Aimar na capa e titula "Prendas para a águia", referindo que "Benfica pode reforçar liderança após empates dos perseguidores", sublinhando "encarnados campeões de Inverno 15 anos depois".

    Sobre o Benfica-Nacional de hoje, o jornal diz que Aimar deve ser titular e Reyes fica de fora.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.