Reunião entre Macron e Trump com "elementos de convergência" sobre comércio, Irão e Amazónia

Reunião entre Macron e Trump com "elementos de convergência" sobre comércio, Irão e Amazónia

 

AO Online/ Lusa   Internacional   25 de Ago de 2019, 01:43

O Presidente francês, Emmanuel Macron, conversou este sábado com o Presidente norte-americano, Donald Trump, durante o almoço, que durou duas horas, sobre "elementos de convergência" relativos ao comércio, ao Irão e aos fogos na Amazónia, indicou a presidência francesa.

Este encontro decorreu no dia em que arranca a cimeira das grandes potências industriais (G7) em Biarritz, França.

Num almoço "improvisado", o Presidente francês "criou as condições para um bom nível de convergência dentro do grupo (G7), obtendo esclarecimentos de Donald Trump" sobre os principais temas do G7, o que inclui "acordos e desacordos", precisou o Eliseu antes da abertura oficial da cimeira.

No final do almoço, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, utilizou a rede social Twitter para escrever que tinha almoçado com Emmanuel Macron, tendo depois de corrigir o apelido do Presidente francês.

"Há muitas coisas boas a acontecer nos dois países. Um grande fim de semana com outros líderes mundiais", afirmou Trump no Twitter.

Sobre o Irão, Donald Trump "confirmou que não queria uma guerra, mas um acordo", segundo o Eliseu.

Macron apresentou a Trump a opção de permitir a Teerão, "por um período limitado, uma parte do seu petróleo", em troca de regressar ao compromisso de não proceder ao enriquecimento de urânio tendo em vista armas nucleares.

Sobre a Amazónia (Brasil), também foram encontrados "elementos de convergência importantes" e Emmanuel Macron assegurou que não pretende "fazer uma política anti-Bolsonaro, mas uma política útil".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.