Subsídio desemprego

Reunião entre Governo e parceiros sociais sem acordo tripartido


 

Lusa / AO online   Economia   5 de Mai de 2010, 18:33

A reunião de concertação social para a revisão do subsídio de desemprego terminou sem acordo tripartido, dado que as centrais sindicais não aceitaram a nova regra dos 75 por cento.
UGT e CGTP não aceitaram a imposição do novo limite, embora cada uma das centrais tivesse posições diferentes face à proposta global do Governo.

Das confederações patronais, a única que prestou declarações aos jornalistas no final da reunião foi a Confederação do comércio e Serviços de Portugal (CCP) que manifestou ao Executivo o seu acordo de princípio.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.