Saúde

Regime especial para médicos aposentados deixa "algumas dúvidas"


 

Lusa / AO online   Nacional   27 de Mai de 2010, 15:34

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) afirmou esta quinta-feira que o diploma que cria um regime especial para os médicos aposentados deixa “algumas dúvidas” e tem de passar por “alguma negociação” porque tem matéria do Acordo Colectivo de Trabalho.
O vice-presidente da FNAM adiantou que os sindicatos receberam um esboço do documento, mas ainda não tomaram uma posição.

O jornal Público avança na edição desta quinta-feira que alguns dos médicos que pediram a reforma antecipada vão poder continuar a trabalhar no Serviço Nacional de Saúde (SNS), mas para isso têm de suspender a pensão e ficar a ganhar o mesmo até que a aposentação de concretize.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.