Mundial Surf

Reatada repescagem da etapa portuguesa do circuito mundial de surf

Reatada repescagem da etapa portuguesa do circuito mundial de surf

 

Lusa/AO Online   Outras modalidades   16 de Out de 2013, 08:44

A organização da etapa portuguesa do circuito mundial de surf, nona e penúltima do campeonato de 2013, foi reatada esta quarta-feira, com a ronda de repescagem, na praia de Supertubos, em Peniche, depois de um dia de espera.

 

"Esta manhã uma nova ondulação vai proporcionar-nos bom surf em Supertubos. Vamos recomeçar a segunda eliminatória e depois veremos se podemos avançar com a terceira", afirmou o presidente dos juízes da Associação de Surfistas Profissionais, Rich Porta, após a chamada matinal.

Na segunda-feira, foram disputados quatro "heats" da segunda eliminatória do Rip Curl Pro Portugal by Moche, tendo sido interrompida após os triunfos do australiano Mick Fanning, do português Frederico Morais, de Michel Bourez, da Polinésia Francesa, e do brasileiro Adriano De Souza, devido à inconsistência da ondulação.

O campeão português de surf, o cascalense Frederico Morais, que cumpre a estreia no circuito graças a um "wildcard", derrotou o norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão do Mundo e atual segundo classificado do "ranking" mundial.

"Kikas", de 21 anos e 96.º do circuito mundial de qualificação, tornou-se no primeiro surfista luso a vencer uma bateria em provas da elite em Peniche, depois das quatro eliminações precoces de Tiago Pires.

Antes, o também "wildcard" estreante Francisco Alves, 470.º do "ranking" de qualificação, "caiu" na repescagem, ao ser derrotado por Fanning, vencedor do circuito em 2007 e 2009 e atual líder da hierarquia.

Antes das oito baterias de repescagem, que devem ser todas disputadas hoje, já estavam qualificados para a terceira ronda, além de "Kikas", Fanning, Bourez e De Souza, os australianos Jacob Willcox - o "wildcard" que tinha relegado Slater para a repescagem -, Julian Wilson, vencedor em Peniche em 2012, Joel Parkinson, atual campeão do Mundo, Taj Burrow, Matt Wilkinson, Josh Kerr, Kai Otton, os havaianos Sebastian Zietz e John John Florence, o sul-africano Jordy Smith, o brasileiro Filipe Toledo e o norte-americano Nat Young.

Com a eliminação de Slater, Fanning tem três possibilidades de se sagrar tricampeão do Mundo em Portugal: se vencer o Rip Curl Pro by Moche; se chegar à final e Jordy Smith não vencer; se perder nas meias-finais e o vencedor não ser Smith, Taj Burrow ou Joel Parkinson.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.