Banca

Rácio crédito/depósitos poderá ser inferior a 120% em 2013


 

Lusa/AO online   Economia   29 de Nov de 2011, 16:29

O sistema bancário português deverá atingir um rácio de transformação de depósitos em crédito inferior a 120 por cento em 2013, de acordo com os dados divulgados pelo Banco de Portugal.
Segundo o Relatório de Estabilidade Financeira, hoje divulgado, este rácio situava-se em Junho “próximo de 140 por cento”, na sequência de uma redução desde 2009.

Uma queda que vai ter de continuar a acontecer, já que cada banco tem de diminuir este rácio para 120 por cento até final de 2014, de acordo com o imposto pelo programa de ajuda financeira a Portugal

Tendo em conta os planos de financiamento e de capital apresentados pelos oito principais bancos a operar em Portugal, essa redução poderá acontecer ainda antes dessa data, disse hoje o BdP.

“Em termos agregados, os planos apresentados pelos bancos apontam para uma redução gradual do rácio para níveis inferiores a 120 a partir do final de 2013”, afirmou.

Em Setembro, o BPI e o Santander Totta já cumpriam rácios depósitos/crédito inferiores à meta (115 e 145 por cento). Já o BCP tinha 154 por cento e o BES 146 por cento. O da Caixa Geral de Depósitos situava-se nos 126,5 por cento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.