‘Queremos mostrar que o mundo não está a andar Pelo Próprio Pé’

‘Queremos mostrar que o mundo não está a andar Pelo Próprio Pé’

 

Susete Rodrigues/AO Online   Cultura e Social   18 de Jan de 2019, 09:26

Partindo da necessidade de Nelson Cabral e Miguel Mendes - enquanto atores - de recuperar duas personagens (Rios e Solano) que já tinham interpretado numa peça de Sanchis Sinisterra, há cerca de 10 anos, intitulada ‘Piolhos e Actores’, ambos sobem esta noite (18 janeiro) ao palco do Teatro Micaelense para estrear ‘Pelo Próprio Pé’, numa produção da Associação Despe-Te-Que-Suas.


Segundo refere Nelson Cabral, a peça “é uma reflexão um pouco existencialista sobre o que é isso de viver nesta primeira metade do século XXI, não só como atores e mas também como seres humanos nesse mundo”. Nesta peça, conta Miguel Mendes, “as personagens do ‘Piolhos e Actores’ começaram a ganhar vida e também os mecanismos tecnológicos que a personagem do Nelson gosta de utilizar, começam, digamos, a ter uma vida própria”


Leia mais na edição desta sexta-feira, 18 janeiro 2019, do jornal Açoriano Oriental


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.