Eleições regionais

"Quem quiser governar tem que apostar de forma muito séria" na agricultura

"Quem quiser governar tem que apostar de forma muito séria" na agricultura

 

Lusa/AO online   Regional   23 de Ago de 2012, 15:20

O presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, defendeu a importância da agricultura na economia regional, frisando que "quem quiser governar tem que apostar de forma muito séria" neste setor.

“O que queremos é que os políticos regionais comecem a perceber cada vez mais que a agricultura é o setor principal da economia regional, é o único que tem vindo a aumentar ao nível do emprego, aumentou a produção e é no setor primário que temos a balança comercial mais favorável”, afirmou Jorge Rita.

Para o dirigente associativo, “o setor por excelência da economia açoriana é o setor agrícola”. Por isso, o responsável manifestou a esperança de que se perceba, “de uma vez por todas, que este setor não deve ser falado apenas na altura das eleições”.

“Além de se falar, tem que se agir em conformidade com as necessidades”, defendeu Jorge Rita, acrescentando que, “sendo um setor vital para a economia, tem que ser visto por todos que o investimento canalizado para a agricultura tem sempre retorno económico e social”.

Jorge Rita, que é presença frequente em épocas de campanha eleitoral junto dos líderes dos vários partidos nas iniciativas relacionadas com a agricultura, garantiu que o setor “vai estar atento a quem governar” para confirmar se são concretizados os compromissos assumidos antes das eleições.

“É importante que o investimento seja feito, não há que ter receio em fazer investimentos na agricultura porque tenho a certeza de que, nos próximos anos, será a agricultura na região e no país que ajudará os outros setores de atividade a sair da crise”, afirmou.

Nesse sentido, Jorge Rita aproveita todas as ocasiões em que está com os responsáveis políticos para os “sensibilizar” para a necessidade de “investir cada vez mais neste setor”.

As eleições regionais nos Açores realizam-se a 14 de outubro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.