Polícia

PSP alerta escolas para circulação de SMS "infundado"


 

Lusa / AO online   Nacional   29 de Out de 2009, 16:37

Elementos da Escola Segura da PSP de Santarém contactaram esta quinta-feira as direcções das escolas da cidade alertando para a circulação de SMS que estão a alarmar alguns jovens, mas que a polícia considera "infundados".
O oficial de Relações Públicas do comando distrital da PSP, Jorge Soares, disse à agência Lusa que não há registo de qualquer ocorrência que fundamente o teor das mensagens que têm circulado nos telemóveis dos jovens, sublinhando que este "fenómeno" já ocorreu em outras cidades do país, nomeadamente Lisboa e Faro.

As mensagens referenciam a circulação de "boatos" sobre a "chegada" a determinada cidade do "Gang da Boca de Palhaço", alertando para situações de "violação, espancamento ou boca de palhaço (cortam os cantos da boca até às orelhas)".

A mensagem, que segunda-feira circulou na cidade de Faro, refere a existência de "raparigas hospitalizadas" e apela a que as jovens "evitem andar sozinhas, principalmente à noite".

Segundo Jorge Soares, a mensagem "é completamente infundada", apelando, contudo, a que quem verifique qualquer coisa de "anormal" comunique de imediato a situação às autoridades policiais.

"A certeza é que, até ao momento, não há o registo de qualquer queixa", disse.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.