PSD quer maior envolvimento da comunidade científica na sociedade

PSD quer maior envolvimento da comunidade científica na sociedade

 

Lusa/AO online   Regional   7 de Ago de 2012, 17:18

O presidente da Comissão Política da Ilha Terceira do PSD, António Ventura, defendeu hoje um maior envolvimento entre a sociedade e a comunidade científica para promover o desenvolvimento social e económico dos Açores.

"A ilha Terceira tem aqui um vizinho que é o Departamento de Ciências Agrárias, mas não há comunicação, não há informação, não há transmissão de conhecimentos", frisou António Ventura, que é também vice-presidente do PSD/Açores, em declarações aos jornalistas no final de uma visita ao pólo universitário de Angra do Heroísmo.

Para António Ventura, a região necessita de promover o desenvolvimento científico em áreas como a climatologia, a biotecnologia, os solos e a alimentação, defendendo que, neste contexto, a Terceira pode dar um contributo "numa lógica de integração em que todas as ilhas contribuem para a solução do problema social e económico que vivemos".

Relativamente às dificuldades financeiras que afetam o pólo de Angra do Heroísmo da Universidade dos Açores, António Ventura considerou ser necessário conjugar os recursos existentes num único centro de experimentação, "em que se possa definir o que é importante para os Açores, que metas se querem atingir em termos de agroalimentos e quais os meios à disposição".

"Se dividirmos os recursos, principalmente em época de crise, não vamos conseguir chegar aos objetivos", frisou, defendendo que existe "um potencial latente adormecido" no Departamento de Ciências Agrárias da Universidade dos Açores.

António Ventura recordou ainda que a ilha Terceira não tem um parque tecnológico, acusando o Governo Regional socialista de não ter cumprido esta promessa, que estava inicialmente prevista para 2009.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.