PSD/Açores realiza jornadas de formação autárquica em todas as ilhas até 2021

PSD/Açores realiza jornadas de formação autárquica em todas as ilhas até 2021

 

Lusa/AO Online   Regional   2 de Abr de 2019, 09:22

O PSD/Açores inicia este mês de abril, na ilha Terceira, um conjunto de jornadas de formação autárquica, que se irão realizar em todo o arquipélago, para preparar as eleições autárquicas de 2021.

"Esta é, essencialmente, uma atitude de preparação para as eleições autárquicas de 2021. Queremos preparar-nos, refletir e ter uma atenção de preocupação e de eficácia para o ano de 2021", afirmou, hoje, o presidente do Comissão Política da Ilha Terceira do PSD e vice-presidente regional do partido, António Ventura, numa conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo.

As primeiras jornadas, que decorrerão nos dias 12 e 13 de abril, na Praia da Vitória, na ilha Terceira, terão como oradores membros de juntas de freguesia, câmaras municipais e assembleias municipais dos Açores e o presidente dos Autarcas Social Democratas, Álvaro Amaro.

Entre os principais temas em discussão estarão a descentralização e modernização do poder local, a legislação e os desafios que se colocam, neste caso, às autarquias da ilha Terceira.

"O PSD organiza as primeiras jornadas autárquicas na ilha Terceira e outras se seguirão noutras ilhas. Pretendemos ter uma atitude de atenção ao poder autárquico local, neste caso na ilha Terceira, porque consideramos que não é possível continuar a atender aos problemas dos açorianos sem uma atenção dedicada de preocupação ao poder local", salientou António Ventura.

O dirigente social-democrata assumiu como objetivos do partido vencer as eleições para as duas câmaras e assembleias municipais da ilha Terceira, Angra do Heroísmo e Praia da Vitória, lideradas há mais de três mandatos pelo PS, e aumentar o número de juntas de freguesia conquistadas pelo PSD.

"A mudança em 2021 é necessária, mas mais do que necessária é urgente", disse, realçando a preocupação com o despovoamento da ilha, com a queda de turistas e com a crise no setor leiteiro.

Nesse sentido, defendeu a necessidade de se criar uma nova filosofia de atuação e de se apostar na formação dos militantes do PSD, lembrando que só na ilha Terceira as eleições autárquicas envolvem mais de 400 pessoas.

"Quer na posição, como na oposição, pretendemos formar os nossos eleitos no poder local, para melhor servir os açorianos e os terceirenses", frisou.

Até 2021, o PSD deverá replicar o encontro realizado em abril na ilha Terceira em todas as ilhas dos Açores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.