Programa para a Promoção da Alimentação Saudável é aliado da agricultura sustentável

Programa para a Promoção da Alimentação Saudável é aliado da agricultura sustentável

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   5 de Jul de 2018, 20:00

A Diretora Regional da Saúde defendeu, na Praia da Vitória, que a agricultura e a segurança alimentar são um contributo essencial na implementação do Programa Regional para a Promoção da Alimentação Saudável, tendo a investigação um papel fundamental neste domínio.

“Numa região onde o número de pessoas com excesso de peso e obesidade é superior ao que gostaríamos, há que realizar intervenções para inverter o sentido desta tendência, permitindo aos Açorianos a escolha de opções saudáveis e seguras“, afirmou Tânia Cortez, que falava na abertura das Jornadas do Projeto PERVEMAC II.

Segundo nota publicada no Gacs, trata-se de um projeto de cooperação aprovado na primeira convocatória do Programa de Cooperação Territorial INTERREG V, que estendeu o seu objetivo geral à assistência técnica aos produtores locais e à promoção de uma alimentação saudável e segura.

Para Tânia Cortez, é importante que projetos como este assegurem informação com rigor científico, permitindo que o cidadão tome uma decisão alimentar correta e com base em evidência científica.

A Diretora Regional referiu que a Região conta com a produção agrícola local para incentivar os Açorianos a optarem cada vez mais por uma alimentação saudável e segura.

“Congratulo todos os intervenientes deste projeto e todos os produtores locais pelos resultados até agora obtidos, penso que são um motivo excelente para optarmos pela produção local“, sublinhou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.