Problema informático provoca atrasos na Urgência do HDES

Problema informático provoca atrasos na Urgência do HDES

 

Luís Pedo Silva   Regional   10 de Jan de 2010, 21:52

Uma avaria no sistema informático da Urgência no Hospital do Divino Espírito Santo (HDES), em Ponta Delgada, provocou, durante o fim-de-semana, um atraso médio de 1h30 no atendimento aos utentes, que necessitassem de efectuar exames e Raio-X.

Segundo avançou a Rádio Açores/TSF, o sistema informático do hospital está a "rebentar pelas costuras há um ano" e regista, com alguma frequência, quebras de funcionamento que demoram, normalmente, algumas horas.

Citando uma fonte do conselho de administração, a Rádio Açores/TSF indicou que o apagão do sistema informático dificultou a admissão dos doentes - cujo registo teve de ser manual - bem como o próprio atendimento e comunicação entre os vários serviços da urgência.

O hospital tem adiado uma intervenção de fundo na renovação do seu sistema informático por causa da entrada em vigor do novo sistema SIS-ARD, que ainda está em fase de testes no hospital de Angra do Heroísmo e no Centro de Saúde da Ribeira Grande. No entanto, como os "bloqueios" informáticos aumentaram, o hospital adquiriu mais dois servidores que vão estar em funcionamento até ao final do mês de Janeiro, segundo adiantou a Rádio Açores/TSF.

Laurindo Frias, director clínico do hospital, contactado pelo Açoriano Oriental, confirmou a existência de um problema no sistema informático que provocou um aumento do tempo de espera dos pacientes das urgências.

Mas a assessoria para a comunicação social da Secretaria Regional da Saúde garantiu, contudo, que "durante a tarde de domingo, pelas 16h30, o problema informático ficou resolvido", acrescentando que se "tratou de um problema inesperado".

Relativamente ao prazo de entrada em funcionamento do novo sistema informático SIS-ARD, que custou aproximadamente 4,5 milhões de euros ao Governo Regional, o mesmo assessor apontou o final de 2010 para a implementação deste sistema informático em todas as unidades de saúde dos Açores.*

 

*Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Segunda-Feira, 11 de Janeiro de 2010.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.