BPP

Privado Holding critica mega fundo


 

Lusa / AO online   Economia   9 de Fev de 2010, 16:44

A Privado Holding, que detém 100 por cento do BPP, criticou a criação do mega fundo de retorno absoluto, dizendo que põe em causa a viabilidade do banco, e garante que entrega esta semana um plano de recuperação para a instituição.
"O conselho de administração da Privado Holding não pode deixar de manifestar o seu desacordo em relação ao caminho seguido pela administração do Banco Privado Português (BPP), tanto mais que se afigura ser claramente contrário aos princípios e finalidades estabelecidos no âmbito do mandato atribuído pelo Banco de Portugal a esta administração provisória do BPP", revelou hoje em comunicado a equipa liderada por Diogo Vaz Guedes.

De acordo com a Privado Holding "a medida agora apresentada vem criar dificuldades e obstáculos possivelmente inultrapassáveis ao desígnio de viabilização do BPP e de uma solução satisfatória e justa para os clientes, arrastando, em nossa opinião, o banco, para uma situação de insolvência".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.