China

Primeiras astronautas chinesas deverão ir para o espaço nos próximos dois anos


 

Lusa/AO online   Internacional   28 de Set de 2011, 12:24

   As primeiras astronautas chinesas deverão ir para o espaço durante os próximos dois anos, participando na instalação da primeira estação espacial do país, anunciou a imprensa oficial.
“Muito provavelmente, mulheres astronautas irão estar envolvidas nas procedimentos manuais de atracagem em módulos experimentais (da estação espacial)”, disse um perito chinês a propósito do Tiangong -1, o primeiro dos referidos módulos, que deverá ser lançado na próxima quinta-feira.

Em 2010, pela primeira vez, duas mulheres integraram a lista de sete novos astronautas da China; ao cabo de três anos estarão aptas a participar numa missão especial.

Ambas são casadas e mães, com mais de trinta anos de idade, e “os seus padrões de treino são iguais aos dos homens”, adiantou a imprensa.

A primeira mulher astronauta da história foi a russa Valentina Tereshkova, em 1963.

Desde então, mais 54 mulheres, a maioria norte-americanas, já participaram em missões espaciais.

Na China, o programa espacial tripulado começou apenas em 2003, com o astronauta Yang Liwei.

Há quatro anos, Zhai Zhigang saiu da nave para efetuar o primeiro passeio espacial e se tudo correr como programado, a primeira estação espacial chinesa estará operacional em 2020.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.