Presidente da República vai conversar com jovens na próxima semana sobre Sá Carneiro

Presidente da República vai conversar com jovens na próxima semana sobre Sá Carneiro

 

Lusa/Ao online   Nacional   1 de Dez de 2018, 10:53

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, irá conversar na próxima quinta-feira com jovens estudantes e atores sobre o legado do fundador do PSD Francisco Sá Carneiro, na semana em que passam 38 anos sobre a sua morte.

De acordo com informação do Instituto Francisco Sá Carneiro, que na próxima semana realizará um conjunto de eventos em memória do antigo primeiro-ministro, o chefe de Estado receberá no Palácio de Belém os principais atores do filme “Snu” – com estreia prevista para 07 de março – e um grupo de jovens estudantes.

No encontro, os atores Inês Castel-Branco e Pedro Almendra darão “um testemunho sobre o trabalho de investigação e preparação” para a representação das personagens Francisco Sá Carneiro e da sua companheira Snu Abecassis.

“O Presidente da República dará também o seu testemunho sobre a vida, o percurso e o pensamento político de Francisco Sá Carneiro e participará no debate que se seguirá com os atores e os jovens estudantes presentes na assistência”, é referido pelo instituto.

No site desta entidade - www.institutosacarneiro.pt –, foram abertas inscrições para jovens estudantes que queiram participar. O Instituto convidou ainda escolas dos concelhos com menor taxa de abstenção nas últimas eleições presidenciais, bem como estudantes da disciplina de ciência política do ensino secundário para participar.

A semana de evocação do fundador do PSD começa na segunda-feira com uma conferência, divulgada na semana passada, no Porto, sobre “Princípios e Valores de Sá Carneiro no século XXI”, e que contará com a presença do presidente do PSD, Rui Rio.

Luís Alves Monteiro, presidente do Instituto Sá Carneiro explicou à Lusa que o objetivo da conferência é “transportar para os dias de hoje o que eram o pensamento e as linhas de ação” do antigo primeiro-ministro do PSD.

A conferência será aberta pelo militante número um do PSD, Francisco Pinto Balsemão, e terá como oradores o antigo dirigente e ministro social-democrata Amândio de Azevedo, a líder da JSD, Margarida Balseiro Lopes, e o historiador Pacheco Pereira, antigo líder parlamentar do PSD, mas que tem estado afastado da vida política ativa desde 2011.

Em 04 de dezembro de 1980, Francisco Sá Carneiro, então primeiro-ministro, e Adelino Amaro da Costa, ministro da Defesa, morreram na queda do avião Cessna em que seguiam para o Porto, assim como a tripulação e restante comitiva: Snu Abecassis, Manuela Amaro da Costa, António Patrício Gouveia, Jorge Albuquerque e Alfredo de Sousa.

Na terça-feira, dia em que se assinalam os 38 anos da morte de Francisco Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa e acompanhantes, os líderes do PSD e do CDS-PP marcarão presença nsa tradicionais missas evocativas.

Segundo informação enviada pelo PSD, pelas 12:00, decorrerá uma missa evocativa da morte de Francisco Sá Carneiro, Adelino Amaro da Costa e acompanhantes, em Lisboa, na Basílica da Estrela, na qual estarão presentes o presidente do PSD, Rui Rio, e dirigentes nacionais do CDS-PP.

Pelas 12:30, decorrerá no Porto outra missa com a mesma intenção, na Igreja dos Clérigos, na qual estará presente a líder do CDS-PP, Assunção Cristas, e dirigentes nacionais do PSD.

A queda do avião em que viajavam Sá Carneiro e Amaro da Costa já motivou a realização de dez comissões parlamentares de inquérito.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.