Presidente da ANACOM é hoje ouvido no Parlamento


 

Lusa/AO Online   Nacional   20 de Set de 2011, 07:17

O presidente da Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) é hoje ouvido no Parlamento a pedido do PSD sobre o processo de implementação em Portugal da Televisão Digital Terrestre (TDT).

Amado da Silva será ouvido na Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação e procurará responder às "preocupações" já demonstradas pelos sociais-democratas no que à TDT diz respeito, nomeadamente depois de conhecido um estudo da Associação de Defesa do Consumidor (DECO) que apontava para falhas na informação que está a ser prestada aos consumidores sobre a instalação da TDT.

A menos de seis meses previsto para concluir o “apagão” da televisão analógica, a maior parte das lojas da Portugal Telecom (PT), responsável por implementar a TDT, revelou-se, de acordo com o estudo, incapaz de dar informações sobre a mudança do sinal de televisão analógico para o digital.

A DECO revelou igualmente que das 95 câmaras municipais e juntas de freguesia visitadas, 86 afirmaram desconhecer que a ANACOM as tenha anunciado como porta para explicações sobre apoios à compra de descodificadores.

Em maio, a ANACOM já tinha exigido à PT que melhorasse "imediatamente" a qualidade da informação que estava a prestar ao público sobre a TDT, depois de ter detetado "falhas de informação" em ações de fiscalização.

Os portugueses que não possuem televisão paga vão ter de mudar para o serviço digital entre janeiro e abril de 2012.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.