Prédio em risco de colapso causa 13 desalojados nas Caldas da Rainha

Prédio em risco de colapso causa 13 desalojados nas Caldas da Rainha

 

Lusa/AO online   Nacional   11 de Mar de 2018, 16:37

A queda do revestimento de uma empena de um edifício de seis andares, nas Caldas da Rainha, deixou este domingo este prédio em risco de colapso estrutural, e provocou 13 desalojados, informou a Proteção Civil.


“Após a queda do revestimento, a Câmara determinou a evacuação" do edifício, onde moravam 13 pessoas, "por não estarem preenchidas as condições de segurança”, disse à agência Lusa Gui Caldas, técnico responsável pela Proteção Civil na autarquia das Caldas da Rainha.

A queda do revestimento da empena do edifício, na rua Vitorino Fróis, "potenciada pelo mau tempo", num imóvel com falta de obras de conservação e restauro, foi detetada às 12:40 de hoje, por um popular que deu o alerta, tendo a proteção civil deslocado ao local “técnicos que procederam a uma primeira avaliação no interior do edifício”, afirmou o mesmo responsável.

A avaliação apontou para a “existência de risco de colapso estrutural” do edifício de seis andares, entre os quais uma cave elevada e rés-do-chão, com utilização comercial, e quatro andares de habitação.

“Foi determinada a evacuação dos moradores do lado direito do prédio”, quatro famílias, num total de “13 pessoas, quatro das quais crianças”, que vão ser realojadas pela autarquia numa residencial da cidade.

O Serviço de veterinária da autarquia está também a “acautelar uma solução para os animais, dois cães, dois gatos e alguns periquitos”, explicou Gui Caldas.

A queda do revestimento foi causada “pelo facto de não terem sido feitas obras de conservação e restauro no edifício”, da responsabilidade do condomínio e, segundo o mesmo responsável, “potenciada pelo mau tempo, embora essa não tenha sido a causa determinante”.

No local estiveram, para além dos técnicos da proteção civil, elementos da PSP e dos bombeiros das Caldas da Rainha.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.