Benefícios sociais

Prazo de pagamento subsídio desemprego baixa em 30 dias


 

Lusa / AO online   Economia   7 de Nov de 2007, 17:04

O Governo reduziu em 30 dias o prazo de pagamento do subsídio de desemprego e baixou em 16 dias o de subsídio de doença, desde 2005, anunciou o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social.
No debate do orçamento do Estado para 2008, o ministro José António Vieira da Silva afirmou que em 2005 o tempo médio de processamento do subsídio de doença era de 26 dias, tendo baixado agora para 10 dias.

Ao nível do subsídio de desemprego, a redução foi de 41 para 11 dias, nesse mesmo período, acrescentou o governante.

No discurso que abriu o debate da tarde no Parlamento, Vieira da Silva referiu ainda que o Fundo de Equilíbrio Financeiro da Segurança Social vai atingir no próximo ano os cinco por cento do Produto Interno Bruto (PIB) e que, pela primeira vez, este valor vai corresponder a 12 meses de pensões contributivas.

Ao nível das políticas activas do emprego e formação profissional, o ministro do Trabalho e da Solidariedade Social recordou que em 2008 mais de 550 mil pessoas serão abrangidas por essas políticas, um valor que representa um crescimento de 33 por cento face a 2005.

Argumentando que o Governo tem uma preocupação com as políticas sociais, Vieira da Silva afirmou que só em Outubro houve já 14 mil grávidas que beneficiaram da nova medida de subsídio mensal de 100 euros.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.