Portuguesa feita refém em hotel no Brasil “está bem”

Portuguesa feita refém em hotel no Brasil “está bem”

 

Lusa/AO Online   Internacional   21 de Ago de 2010, 21:40

A portuguesa que este sábado foi feita refém no hotel Intercontinental do Rio de Janeiro "está bem e já prestou declarações à policia", confirmou à agência Lusa fonte oficial da Secretaria de Estado das Comunidades.

Um grupo de criminosos refugiou-se este sábaso no hotel Intercontinental do Rio de Janeiro após um tiroteio com a polícia e fez cerca de 30 reféns que foram libertados após algumas horas de negociações.

Fonte da Secretaria de Estado das Comunidades disse à Lusa que foi activado o consulado no Rio de Janeiro para acompanhar a situação e apoiar os portugueses hospedados naquele hotel, que não precisaram de qualquer ajuda porque "estão todos bem", incluindo a mulher que foi feita refém.

A mesma fonte não sabe ao certo quanto são os portugueses hospedados no Intercontinental do Rio de Janeiro porque "a preocupação principal foi saber se estavam todos bem".

Estavam no hotel quatro tripulações da TAP, que não sofreram qualquer dano porque se mantiveram nos respetivos quartos, confirmou à Lusa fonte oficial da transportadora.

Os cerca de 40 tripulantes da TAP que estão hospedados no hotel Intercontinental do Rio de Janeiro a cumprir o seu período de descanso entre voos vão regressar a Portugal de acordo com o que estava estipulado, alguns deles ainda durante o sábado.

No hotel estão hospedadas cerca de 400 pessoas, incluindo atletas que participam domingo na meia maratona do Rio e dezenas de participantes num congresso de oftalmologia.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.