Ambiente

Ponta Delgada adere a pacto europeu em defesa do ambiente

Ponta Delgada adere a pacto europeu em defesa do ambiente

 

Lusa / AO online   Regional   4 de Mai de 2010, 11:16

Vinte e quatro municípios portugueses, entre os quais Ponta Delgada, aderiram até agora a um pacto europeu que pede às cidades compromissos na redução das emissões de dióxido de carbono (CO2), poupança de energia e eficiência energética.
“É um compromisso que pretende contributos para a redução de CO2 e questões como a poupança de energia, eficiência energética seja em vários edifícios públicos, edifícios de carácter administrativo, equipamentos desportivos e frota automóvel”, explicou Vítor Proença, presidente de Santiago do Cacém, que representa hoje num convénio no Parlamento Europeu, em Bruxelas, os municípios portugueses que subscreveram este pacto no último ano.

Almada, Aveiro, Cascais, Ferreira do Alentejo, Guarda, Lisboa, Moura, Porto e Vila Nova de Gaia foi o primeiro grupo de cidades a aderir, em 2009.

Águeda, Beja, Benavente, Esposende, Loures, Oeiras, Ovar, Palmela, Ponta Delgada, Santiago do Cacém, Santo Amador, Vale de Cambra, Valpaços, Vendas Novas e Viseu aderiram desde então.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.