Polícia iraniana vai reprimir manifestações não autorizadas a 12 de Junho


 

Lusa / AO online   Internacional   25 de Mai de 2010, 12:07

A polícia vai reprimir qualquer manifestação não autorizada que se realize no primeiro aniversário da reeleição contestada do presidente Mahmud Ahmadinejad, a 12 de Junho, noticiou esta terça-feira a agência Ilna, depois de dirigentes da oposição terem prometido manifestar-se.
"A polícia vai cooperar com a organização de manifestações autorizadas, mas intervirá contra qualquer reunião ilegal", declarou o chefe da polícia de Teerão, Hossein Sakedinia, citado pela agência.

Dois dos dirigentes da oposição reformadora, Mir Hossein Mussavi e Mehdi Karubi, anunciaram na segunda-feira a intenção de organizar a 12 de Junho manifestações contra uma eleição que consideram ter sido marcada por fraudes em larga escala.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.