Santa Clara

"Poder fazer aquilo que gostamos é o que nos dá força"

"Poder fazer aquilo que gostamos é o que nos dá força"

 

Susete Rodrigues   Futebol   15 de Jul de 2010, 10:54

Edgar Sá é um dos novos reforços do Clube Desportivo Santa Clara que pretende "dar aquilo que não conseguiram nos últimos dois anos", ou seja, a subida de divisão.
Em conferência de imprensa, o médio-defensivo diz, contudo, que “o mais importante é formarmos um bom grupo porque só assim estaremos perto de alcançar algo mais”.

Edgar Sá define-se como um jogador “forte no jogo aéreo, sou um jogador de equipa, de raça e de luta”.

Sendo um jogador polivalente, Edgar sente-se confortável em qualquer posição.

“Na época passada fiz 13 jogos a médio-defensivo”, mas também já jogou a central, por isso “tanto numa posição ou noutra, jogarei. Vai depender daquilo que o mister pedir”, acrescentando ainda que “a posição mais importante num onze para uma 2ª liga é o pivô defensivo”.

Neste início de pré-época no Santa Clara, Edgar Sá diz que está a ser uma semana “que custa sempre um pouco até adquirirmos a forma que necessitamos, mas é o habitual de um início de época. Penso que cada vez estamos a ficar melhores”.

Com 31 anos e alguns de carreira, Edgar Sá salienta que “jogar futebol é sempre uma motivação”.

“De poder fazer aquilo que gostamos é o que nos dá força para aguentarmos até ao fim”, disse quando questionado sobre o que ainda o motiva para jogar.

 No que diz respeito à sua adaptação à ilha, o jogador afirmou que “não tem sentido grandes dificuldades e que está a correr bem.

“Não sou da Covilhã e estive lá três anos, é um pouco semelhante aqui, temos tudo ao pé , embora aqui seja uma ilha e lá não, mas a minha adaptação vai ser boa”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.