Incêndios/Grécia

PM grego decreta três dias de luto pelas vítimas dos fogos

PM grego decreta três dias de luto pelas vítimas dos fogos

 

Lusa/AO Online   Internacional   24 de Jul de 2018, 14:41

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, anunciou três dias de luto pelas vítimas dos incêndios que estão a atingir a costa nordeste de Atenas e prometeu que “ninguém ficará sem ajuda”.

Numa mensagem transmitida pela televisão, Tsipras assinalou que o que conta nestes momentos são as vidas humanas e mobilizar todas as forças para salvar o que pode ser salvo.

“Ninguém ficará sem ajuda, ninguém ficará sem respostas”, prometeu Tsipras, que evitou entrar em especulações sobre os motivos dos incêndios.

O Ministério Público já iniciou as primeiras investigações para determinar as causas dos incêndios que, segundo suspeitam membros do Governo, poderiam ser intencionais ou pelo menos provocados por condutas negligentes.

“Agora é o momento da unidade e da solidariedade, não pode haver diferenças ou imposições de culpa (…) É o momento de mobilização e de lutar para salvar o que pode ser salvo”, assinalou Tsipras, agradecendo as múltiplas mensagens de solidariedade recebidas de toda a Europa.

Os fogos que lavram na Grécia causaram pelo menos 60 mortos e 172 feridos, alguns em estado crítico, de acordo com os últimos dados da Proteção Civil grega.

O Governo de Alexis Tsipras pediu ajuda internacional na noite de segunda-feira, tendo já alguns países respondido com meios de apoio. Portugal vai enviar 50 elementos da Força Especial de Bombeiros (FEB) para ajudar a combater os incêndios na Grécia, anunciou hoje o ministro da Administração Interna.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.