PJ detém 3 homens suspeitos de importação e distribuição de cocaína na Madeira


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Out de 2007, 12:41

A Polícia Judiciária do Funchal anunciou hoje ter detido três homens por alegado tráfico de droga numa operação que resultou na apreensão de cerca de onze mil doses individuais de cocaína na Madeira.
    O comunicado distribuído pela PJ adianta que as detenções foram o culminar de uma investigação iniciada há cinco meses, baptizada com o nome "Operação Poncha Branca".

    Em declarações à agência Lusa, o responsável pela PJ-Madeira, Carlos Farinha, adiantou que esta iniciativa permitiu o "desmantelamento de um grupo que evidenciou alguma capacidade de agir de forma organizada, um segmento importante de importação e distribuição de droga proveniente da América do Sul".

    Adiantou que os detidos têm idades entre os 34 e os 47 anos, sendo um madeirense e dois estrangeiros, embora se tenha escusado a especificar a nacionalidade.

    Depois de ouvidos em interrogatório judicial, ficaram em prisão preventiva.

    No decorrer desta operação a PJ efectuou seis buscas domiciliárias nos concelhos do Funchal e de Santa Cruz, o que significou uma operação concertada, pois foram necessários mandatos judiciais, salientou Carlos Farinha

    Foram apreendidas "quantidades significativas" de cocaína, suficientes para cerca de onze mil doses individuais, em elevado estado de pureza, que se destinavam ao tráfico nesta região, acrescenta a informação difundida pela PJ.

    Entre o material apreendido estão três balanças, utensílios de manuseamento do estupefaciente e cinco mil euros em dinheiro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.