Brexit

Petição pelo cancelamento da saída da UE ultrapassa seis milhões de assinaturas

Petição pelo cancelamento da saída da UE ultrapassa seis milhões de assinaturas

 

Lusa/Ao online   Internacional   31 de Mar de 2019, 21:06

A petição lançada na Internet que pede o cancelamento do “Brexit” já ultrapassou este domingo seis milhões de assinaturas, tornando-se a iniciativa popular mais votada no Reino Unido.

De acordo com os regulamentos vigentes, a petição, promovida pela britânica Margaret Anne Georgiadou no portal de petições, será debatida na segunda-feira pelos deputados britânicos, mas trata-se de um ato simbólico, porque não haverá votação.

Na sua resposta aos signatários, o executivo britânico já assinalou, há alguns dias, que não tem a intenção de cancelar a ativação do artigo 50 do Tratado de Lisboa, que a 29 de março de 2017 deu início a dois anos de negociações com Bruxelas para a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

"Honraremos o resultado do referendo de 2016 e trabalharemos com o Parlamento para aprovar um acordo para garanta a saída da União Europeia", referiu ainda a resposta, observando que a revogação do artigo "enfraqueceria a democracia".

O Reino Unido teria que ter deixado o bloco europeu na última sexta-feira, mas acabou por solicitar uma prorrogação do prazo porque a Câmara dos Comuns ainda não aprovou um acordo de saída.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, planeia submeter o seu acordo a uma votação pela quarta vez nesta semana, após três derrotas anteriores, enquanto os deputados tentarão nesta segunda-feira chegar a um consenso através de uma via alternativa.

Em 2016, uma petição que pedia um segundo referendo, após a vitória do "Brexit" em 23 de junho daquele ano, reuniu 4,2 milhões de assinaturas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.