Manifestação

Pescadores saem à rua em Ponta Delgada

Pescadores saem à rua em Ponta Delgada

 

Carmo Rodeia   Regional   25 de Jun de 2010, 06:44

Armadores de pesca costeira e pescadores da ilha de S. Miguel participam esta sexta-feira em Ponta Delgada numa manifestação promovida pela “Porto de Abrigo” para exigir do Governo açoriano medidas de apoio à sobrevivência da cooperativa e apoios ao sector.
Criada há 25 anos como organização de produtores de pesca com competências de auto regulação e sustentabilidade atribuídas pela União Europeia, a Porto de Abrigo tem cerca de 600 associados, entre tripulantes e armadores de 300 embarcações, enfrentando graves problemas financeiros que ameaçam o seu encerramento.

Segundo os dirigentes da cooperativa, ao inviabilizar o plano de recuperação que lhe foi apresentado, o Governo Regional pretende “calar” as reivindicações que tem assumido publicamente.

“Os apoios que a cooperativa precisa são os previstos na lei para as empresas em situação difícil”, sustentam ao justificar a manifestação que hoje à tarde vai percorrer avenida marginal da maior cidade açoriana.

Na resposta à iniciativa da “Porto de Abrigo” o Governo Regional declarou-se disponível para ajudar, “bastando para isso que sejam apresentadas contas dos apoios concedidos e de um plano consistente e exequível de recuperação financeira”.

“Nem jejuns (o presidente da cooperativa cumpriu recentemente um período de ‘jejum controlado’ no quadro do processo reivindicativo) nem concentrações e muito menos recados enviados pela comunicação social influirão positiva ou negativamente sobre a posição legitimamente assumida” pelo Executivo sobre esta matéria, assegurou o Governo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.