Pequim nomeia antigo militar para governador do Tibete


 

Lusa / AO online   Internacional   15 de Jan de 2010, 14:43

As autoridades chinesas nomearam como novo governador do Tibete um ex-militar de etnia tibetana, que prometeu garantir a estabilidade nesta região autónoma, palco de confrontos violentos em 2008.
Padma Choling, de 58 anos, foi designado para substituir Qiangba Puncog, que deixou esta semana as suas funções para assumir a chefia do parlamento regional, de acordo com a agência noticiosa oficial Nova China.

Qiangba Puncog ocupava o cargo de governador quando ocorreram os confrontos de 14 de Março de 2008 em Lassa, capital da região autónoma do Tibete.

«A estabilidade é da mais alta importância», declarou Padma Choling.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.