Pelo menos 500 mortos em confrontos étnicos e religiosos na Nigéria


 

Lusa / AO online   Internacional   8 de Mar de 2010, 17:03

Pelo menos 500 pessoas foram mortas em actos de violência étnica e religiosa perto de Jos, centro da Nigéria, disse à AFP um conselheiro do governador do Estado do Plateau, cuja capital é Jos.
"Quinhentas pessoas foram mortas neste acto abominável", disse, em contacto telefónico o responsável pelas comunicações do Estado do Plateau, Dan Majang, adiantando que foram detidas 95 pessoas.

Os ataques verificaram-se durante a noite de sábado para domingo contra três aldeias da etnia berom, a sul de Jos, por pastores da etnia fulani, geralmente nómadas, segundo aldeões, militantes dos direitos humanos e fontes governamentais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.