Pelo menos 17 mortos em ataque aéreo a cidade portuária do Iémen


 

Lusa/Ao online   Internacional   13 de Out de 2018, 18:48

Pelo menos 17 pessoas morreram este sábado na cidade iemenita de Hodeida num ataque aéreo da coligação internacional conduzida pela Arábia Saudita, indicaram responsáveis dos rebeldes, que controlam a zona.

O ataque, que atingiu a zona de Jebel Ras, também feriu 20 pessoas, disse um porta-voz do Ministério da Saúde controlado pelos rebeldes Huthi, Youssef al-Hadari.

A cidade portuária de Hodeida, principal acesso ao país das importações e da ajuda humanitária, tem estado no centro do conflito que opõe os rebeldes xiitas ao Governo iemenita apoiado pela coligação internacional.

Líderes tribais, que não quiseram ser identificados, disseram que o ataque atingiu um autocarro, matando toda a gente no seu interior, onde se encontravam mulheres e crianças.

A guerra no Iémen, desde meados de 2014, já causou mais de 10.000 mortos e a maior crise humanitária do mundo, segundo a ONU.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.