Pedro Nascimento Cabral defende que a agricultura é o pilar da economia dos Açores

Pedro Nascimento Cabral defende que a agricultura é o pilar da economia dos Açores

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   2 de Ago de 2018, 11:56

O candidato à presidência do PSD/Açores, Pedro Nascimento Cabral, disse que irá estar sempre ao “lado do sector primário da Região que considero um pilar fundamental da nossa economia”.

Pedro Nascimento Cabral que falava no final de uma reunião com Jorge Rita, presidente da Associação Agrícola de São Miguel, definiu o encontro como sendo “uma reunião proveitosa, de apresentação de cumprimentos, de valorização das entidades da sociedade civil e de debate sobre as necessidades e potencialidades do sector agrícola nos Açores”.


A reunião decorreu na sede da Associação Agrícola de São Miguel, na Ribeira Grande, e segundo Pedro Nascimento Cabral foi também uma reunião simbólica a dois níveis: “Primeiro porque foi fora do âmbito partidário, o que mostra bem que irei, como presidente do PSD/Açores, estar ao lado dos nossos agricultores. Segundo porque considero que temos de ouvir, respeitar e envolver todas as entidades da sociedade civil, na definição das políticas de desenvolvimento da nossa Região. É assim que eu vejo estas entidades. Não como concorrentes mas complementares e de apoio à governação da Região”.


Foram vários dos temas abordados na reunião, entre eles “a seca que nos está a assolar e a necessidade de investimentos em bacias de retenção de água, pois há muita água que corre para o mar sem ser aproveitada, bem como um desejo antigo de Jorge Rita que é a Escola de Formação Profissional Agrícola que considero fundamental para o futuro do sector”.


Pedro Nascimento Cabral disse ainda que “a educação e a formação dos nossos jovens e agricultores permitirá alavancar produtos de ainda melhor qualidade e acrescentar valor ao que produzimos. Um desenvolvimento sustentável e harmonioso não pode estar assente em regras e normas rígidas e antiquadas mas sim assente em consensos, parcerias visão de futuro e estratégias concertadas que neste caso particular tem de existir uma simbiose perfeita entre agricultura e turismo, potenciando assim estes dois sectores fundamentais para a consolidação do crescimento económico”.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.