Partidos

PDA quer "reformular-se" e "chegar à juventude"

Carregando o video...

 

Isidro Fagundes / Rui Jorge Cabral   Regional   8 de Mar de 2010, 19:00

O PDA (Partido Democrático do Atlântico) vai realizar um Congresso no dia 10 de Abril. Eleger uma nova presidência, “reformular o partido” e “tentar chegar à Juventude” são os principais desafios actuais do partido de centro-direita açoriano, o único do país sediado nos Açores. Até agora, só há uma candidatura anunciada - a de Manuel da Costa, “um ribeiragrandense histórico do PDA.”
“Muitas vezes se disse que o PDA ia ‘cantar o canto do cisne’, mas estou certo que vai aparecer alguém para tomar conta do partido. Se não fosse assim, eu faria um pouco mais de sacrifício, até encontrar essa pessoa. Saio do partido deixando algo construído para os que hão-de vir.”

É esta a convicção de José Ventura, presidente actual do PDA, que esta segunda-feira anunciou que não se recandidatará à liderança do Partido.


Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de terça-feira, dia 9 de Março de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.