Parlamento Europeu

Paulo Rangel propõe "Agenda 27" com debate anual


 

Lusa / AO online   Internacional   16 de Nov de 2009, 16:41

O líder do PSD no Parlamento Europeu, Paulo Rangel, propôs esta segunda-feira, em Bruxelas, a criação de um debate anual sobre o estado da União Europeia em simultâneo em todos os Estados-membros, com a participação de deputados europeus e nacionais.
Paulo Rangel, que também é vice-presidente do Partido Popular Europeu (PPE), apresentou esta iniciativa, a que deu o nome de “Agenda 27”, durante a XI Cimeira de Presidentes dos Grupos Parlamentares dos partidos nacionais que pertencem àquela família política.

O líder da bancada do PSD no Parlamento Europeu qualificou a sua proposta de “iniciativa ambiciosa” e referiu tratar-se de um dos seus “principais objectivos” como vice-presidente do Grupo PPE, responsável pela relação com os parlamentos nacionais.

No discurso proferido, Paulo Rangel destacou a importância que o Tratado de Lisboa dá aos parlamentos nacionais, passando a reconhecê-los, pela primeira vez na história dos 27, como parte da arquitectura da União Europeia.

O PPE é o maior grupo político do Parlamento Europeu com 236 de um total de 736 deputados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.