Pescas

Patrão Neves quer “benevolência” do Governo para com a “Porto de Abrigo”

Patrão Neves quer “benevolência” do Governo para com a “Porto de Abrigo”

 

Lusa/AO online   Regional   10 de Jun de 2010, 16:12

A deputada do PSD ao Parlamento Europeu Patrão Neves defendeu hoje que o Governo açoriano deve “apreciar com benevolência” o plano de recuperação da “Porto de Abrigo”, alegando a importância da cooperativa para as pescas na Região.

Com sede em Ponta Delgada, a “Porto de Abrigo” corre o risco de encerrar, enfrentando problemas de tesouraria associados a elevadas dívidas à banca e à empresa pública regional de lotas, Lotaçor. “É inquestionável a responsabilidade pela sua própria gestão, assim como deverá ser inquestionável a responsabilidade do Governo para estabelecer um clima favorável à robustez do associativismo”, especialmente num “depressivo período de crise financeira generalizada”, sublinhou a eurodeputada social-democrata. Além de referir que acompanha “com muita apreensão” o “diferendo entre a subscretaria regional das Pescas e a ‘Porto de Abrigo’”, Maria do Céu Patrão Neves sublinhou que a cooperativa está “há mais de 25 anos associada às grandes decisões das pescas nos Açores e à frente da defesa dos interesses açorianos”. O seu “asfixiamento financeiro enfraqueceria significativamente o sector nos Açores”, advertiu.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.