Pastas de chocolate, bombons e chupas com a marca "Namorar Portugal"


 

Lusa/AO online   Nacional   20 de Dez de 2011, 14:29

Muito cacau é o segredo das pastas de chocolate, bombons e chupas da marca “Namorar Portugal”, que na quarta-feira são lançados oficialmente em Vila Verde, numa iniciativa de um mestre pasteleiro do concelho.
“Todos os produtos têm para cima de 38 por cento de cacau, mas alguns chegam aos 70 por cento”, disse Pedro Sousa, pasteleiro e especialista em chocolate.

A iniciativa é apadrinhada pelo município, detentor da marca “Namorar Portugal”.

Um dos destaques vai para a “pasta do amor”, cuja embalagem é decorada com um coração e uma pomba e que contém declarações de amor, idênticas às que figuram nos lenços de namorados.

Estas pastas terão edições especialmente concebidas para quatro “momentos” especiais do concelho, designadamente a Festa de Santo António, o Dia dos Namorados, a Bienal de Arte e a Festa das Colheitas.

Os chupas são uma espécie de “bolachinhas” em chocolate branco e podem ser personalizados.

“Inscrevo, na hora, a pedido, o nome de uma pessoa ou uma pequena dedicatória”, garantiu Pedro Sousa.

Depois de frequentar vários cursos de formação em chocolate, este pasteleiro decidiu “meter as mãos no cacau” e concretizar a linha de chocolate “Namorar Portugal”, uma ideia que já acalentava “há muito tempo”.

A marca “Namorar Portugal” pertence ao município de Vila Verde e é inspirada nos Lenços de Namorados, assentando em elementos como o romantismo, o namoro, o amor.

“Uma marca para afirmar Vila Verde e promover o concelho e a região como um destino turístico de qualidade, interna e externamente, através da transformação dos recursos materiais e imateriais em cadeias de valor, numa perspetiva de sustentabilidade económica e social”, sustenta fonte municipal.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.