Jogos Olímpicos de Pequim

Orçamento dos Jogos sobe para 2 mil milhões de dólares


 

Lusa/AO   Outras modalidades   19 de Out de 2007, 08:51

O orçamento para as Olimpíadas de 2008 aumentou de 1,6 mil milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros) para dois mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros), disse hoje o vice-presidente do comité organizador.
A valorização da moeda chinesa (renminbi) e os custos com as operações de segurança levaram ao aumento do orçamento global dos Jogos, justificou Liu Jingmin em conferência de imprensa, salvaguardando a possibilidade de uma segunda revisão orçamental.

    O vice-presidente da organização chinesa lembrou, no entanto, que o novo valor fica ainda abaixo dos 2,4 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros) gastos nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004.

    A segurança é uma das principais preocupações do comité organizador das Olimpíadas de Pequim, que criou uma equipa de coordenação envolvendo o Ministério da Segurança Pública e as forças armadas "para assegurar uma resposta rápida aos perigos", acrescentou Liu.

    A organização dos Jogos de Pequim, que decorrem de 08 a 24 de Agosto de 2008, afirmou ainda que a prova desportiva criou 600 mil empregos por ano desde 2001, quando o Comité Internacional atribuiu a organização dos Jogos à capital chinesa.

    Nos últimos cinco anos, recordou Liu, o aumento anual médio do produto interno bruto em Pequim chegou aos 12,1 por cento, e só em 2006 chegaram à cidade 3,9 milhões de turistas estrangeiros, um milhão a mais do que em 2001.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.