Educação

Oposição em bloco acusa Governo de promover injustiça


 

Lusa / AO online   Nacional   23 de Abr de 2010, 12:25

Todos os partidos da oposição acusam o Governo de promover uma injustiça no concurso de professores que hoje termina, por considerar para efeitos de graduação dos docentes a avaliação de desempenho anterior.
O PCP abriu esta sexta-feira o debate parlamentar lembrando a situação dos professores contratados que "não encontrando soluções para a instabilidade, vão acumulando todos os horários incompletos que podem, sacrificando a qualidade das suas próprias prestações profissionais, a família e o bem-estar emocional".

O deputado Miguel Tiago considerou que a defesa da objectividade na colocação de professores não é uma questão corporativa, mas um preceito fundamental para o regular funcionamento da escola pública.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.