OMS aprova estratégia contra consumo abusivo de álcool


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Mai de 2010, 18:14

Uma estratégia global para reduzir o abuso no consumo de álcool foi adoptada esta quinta-feira pelos 193 membros da Organização Mundial de Saúde (OMS), na sequência de uma votação unânime, que acolhe o apoio da indústria.
Entre as várias medidas propostas, num documento de 24 páginas, estão a descida dos valores de álcool no sangue autorizados para condutores e restringir o horário de bares e de lojas de bebidas.

“O álcool é um factor de risco para muitas outras coisas. Muitas vezes não é encarado como a origem da morte, mas é”, alertou Shekhar Saxena, director do Departamento de Saúde Mental e Abuso de Substâncias da OMS.

O consumo abusivo é o terceiro factor de risco para problemas de saúde e morte prematura no mundo, com 2,5 milhões de pessoas a morrer anualmente, informou a OMS.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.