Cultura

Oferta cultural de "qualidade" no Teatro

Carregando o video...

 

Lusa/AO online   Cultura e Social   3 de Set de 2008, 18:09

Espectáculos de teatro, dança e música vão subir ao palco do Teatro Micaelense, nos Açores, até ao final do ano, uma programação de "qualidade e diferenciada" pensada para "agradar as vários gostos", anunciou hoje a administração.
"Procuramos dar espaço a várias formas de arte, do mais clássico ao contemporâneo, garantindo uma oferta cultural de qualidade e diferenciada", afirmou aos jornalistas a administradora do Teatro Micaelense, Ana Teixeira da Silva.

    Numa conferência de imprensa para apresentar a programação entre Setembro e Dezembro, Ana Teixeira da Silva destacou o recital de canto e piano programado para sexta-feira, um espectáculo que vai assinalar o quarto aniversário da reabertura do Teatro Micaelense, após obras de restauro.

    As interpretações estão a cargo de dois artistas açorianos a residir no Continente, Sandra Medeiros (soprano) e Paulo Pacheco (piano), que confessaram estar "emocionados e honrados" por poderem actuar numa "sala fantástica".

    Setembro fica ainda marcado pelo "workshop de orquestra", um estágio que vai reunir em Ponta Delgada, durante uma semana (08 a 13), jovens músicos de todo o país e o concerto íntimo da artista cabo-verdiana Lura no dia 20.

    A décima edição do Festival de Jazz de Ponta Delgada chega em Outubro e além das actuações musicais promove no dia 22 uma conferência/concerto sobre a história do jazz e a inauguração de uma exposição de fotografia sobre os 60 anos do Hot Club Portugal, o segundo clube de jazz mais antigo da Europa.

    Para o final de Outubro está, ainda, programado um espectáculo de dança a cargo da Companhia Paulo Ribeiro com interpretações dos bailarinos Paulo Ribeiro e Leonor Keil.

    O concerto de Rui Veloso e a estreia do monólogo "M. a sede dos outros" vão preencher a programação de Novembro, informou Ana Teixeira da Silva, acrescentando que em Dezembro a Glenn Miller Orchestra traz "swing" ao teatro e o grupo Teatrolândia um musical intitulado "O príncipe Feliz", de Oscar Wilde.

    O Teatro Micaelense aposta, também, na continuação do serviço educativo, que, além de proporcionar visitas guiadas à casa de espectáculos, vai realizar uma série de acções de formação até ao final do ano para aproveitar a presença dos artistas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.