França

Obras roubadas de museu de Paris afinal valem menos


 

Lusa / AO online   Internacional   20 de Mai de 2010, 18:03

As cinco obras de arte roubadas esta quinta-feira do Museu de Arte Moderna de Paris estão avaliadas entre os 90 e 100 milhões de euros, rectificaram as autoridades municipais parisienses.
A polícia francesa, que abriu um inquérito para averiguar este assalto, tinha adiantado hoje que as pinturas roubadas, de artistas como Matisse e Picasso, estavam estimadas em cerca de 500 milhões de euros.

De acordo com o vereador da cultura da Câmara de Paris, Christophe Girard, a obra de arte mais valiosa das cinco que foram roubadas é "Le pigeon aux petits pois", um óleo de Pablo Picasso de 1912 avaliado em 22 milhões de euros.

As restantes obras são "La pastorale", de Henri Matisse, "L'olivier près de l'Estaque", de Georges Braque, "La femme à l'éventail", de Amédéo Modigliani, e "Nature morte aux chandeliers", de Fernand Léger.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.