Obras de arte em leilão para combater a violência doméstica


 

Lusa/AO   Nacional   28 de Set de 2007, 08:37

Pinturas de Paula Rego e esculturas de José Rodrigues estão entre as obras de arte que vão ser leiloadas sábado, numa iniciativa que visa angariar fundos para a prevenção contra a violência doméstica.
O leilão, que terá lugar na Casa de Cultura de Paranhos, no Porto, é promovido pela União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR), associação constituída em Setembro de 1976 para lutar pelos direitos das mulheres.

    Nesta iniciativa, além de obras de artistas consagrados como Paula Rego ou José Rodrigues, serão também leiloados trabalhos de jovens artistas, tendo em vista a angariação de fundos para acções de prevenção contra a violência doméstica.

    Na apresentação do leilão, a organização recorda que as mortes de mulheres devido a este fenómeno “são evitáveis se a sociedade se unisse como um todo para lutar contra um tipo de violência em relação à qual, tantas vezes, se assume uma postura permissiva”.

    Os dados estatísticos indicam que uma em cada três mulheres foi ou ainda é vítima de violência doméstica, defendendo a UMAR a necessidade de uma “intervenção cuidada que aja directamente nas causas deste flagelo”.

    O Centro de Atendimento que a UMAR tem em funcionamento no Porto já atendeu, segundo os dados fornecidos pela associação, mais de 2.000 mulheres.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.