Obama promulga reforma do sistema financeiro


 

Lusa / AO online   Economia   22 de Jul de 2010, 12:31

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promulgou quarta-feira a mais vasta reforma da regulação financeira do país feita desde os anos de 1930 e destinada a evitar uma crise como a de 2007-2009.
"Os americanos deixarão de pagar os erros de Wall Street", disse o presidente norte-americano, num discurso pouco antes de assinar o texto, no centro de conferências Ronald Reagan, em Washington.

Obama destacou o reforço da protecção que é dada aos consumidores com esta reforma, salientando que a mesma vai "travar os abusos e excessos" que ameaçaram o sistema financeiro e vai "introduzir transparência nas transacções complexas que contribuíram para desencadear a crise financeira".

A promulgação do diploma teve lugar numa cerimónia que contou com a presença de cerca de 400 pessoas, mas a entrada em vigor desta reforma, aprovada na semana passada no Congresso, ainda levará algum tempo dado que implica numerosas regulamentações, algumas complexas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.