Estágios

Novo programa Inov-Social vai custar cerca de 5 ME ao Estado


 

Lusa / AO online   Economia   12 de Jan de 2010, 10:36

O Estado vai comparticipar em cerca de cinco milhões de euros o novo programa de estágios Inov-Social, vocacionado para as Instituições de Particulares de Solidariedade Social e cujas candidaturas são hoje abertas numa cerimónia com a ministra da Solidariedade Social.
O Estado vai investir "cerca de cinco milhões de euros para este Inov-Social e a bolsa que cada jovem recebe é duas vezes o Indexante de Apoio Social, ou seja, cerca de 840 euros mensais", revelou, em declarações à agência Lusa, o secretário de Estado do Emprego e Formação Profissional.

Ao valor total de 840 euros acresce o subsídio de alimentação e, nas situações que o justifiquem, subsídio de transporte ou subsídio de alojamento.

Do valor total da bolsa, 65 por cento são comparticipados pelo Estado, ficando os restantes 35 por cento na responsabilidade das instituições sociais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.