Ouro usado

Negócio de compra e venda de ouro usado a crescer

Negócio de compra e venda de ouro usado a crescer

 

Lusa/AO online   Economia   26 de Jul de 2010, 11:31

O negócio de compra e venda de ouro usado está a crescer em Portugal, que conta com cerca de 5000 lojas autorizadas a exercer esta actividade, segundo dados da Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM).
Em menos de dois anos, só a cadeia de franchising Valores já abriu 100 lojas espalhadas pelo país e uma em Espanha, em Pontevedra, e a rede OURINVEST tem já 26 agências em funcionamento e terá até ao fim do ano mais 40.

“É um sector que está em expansão. Tem-nos ajudado a cotação do ouro, que tem aumentado bastante e tem feito desta uma matéria-prima muito valorizada”, afirmou à agência Lusa o administrador da Valores, Rui Pinhão.

O responsável reconhece que a expansão do negócio foi surpreendente, já que o objectivo traçado era atingir as 100 lojas no final de 2012, o que foi conseguido dois anos antes.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.